Sabe por que a abóbora é o símbolo do Halloween?

Sabe por que a abóbora é o símbolo do Halloween?

Um dos maiores símbolos do Halloween é a abóbora, mas você a origem dessa relação? Tudo começo na Irlanda, devido a lenda de Jack o’Lantern, um homem tão cruel que, ao morrer, foi rejeitado tanto no céu quanto no inferno. Sendo assim, o espírito de Jack ficou vagando pela Terra a procura de um lugar onde fosse aceito e usava iluminados com uma vela para se manifestar. A lenda irlandesa foi levada para os Estados Unidos, onde as abóboras são mais abundantes e passaram a substituir os nabos. Há ainda uma outra história, que conta que Jack teria se recusado a ajudar uma bruxa a preparar uma sopa no Halloween. Como punição, a bruxa fez com que ele desaparecesse dentro de uma abóbora, que adquiriu feições assustadoramente humanas.

Deixando as histórias de terror de lado, a abóbora é na verdade uma grande aliada da saúde. Também conhecida como jerimum e moranga, ela é rica em proteína, cálcio, potássio, fósforo, ferro, magnésio e vitaminas A, C e E. A vitamina A favorece a visão, e também em antioxidante betacaroteno, ótimo para prevenir o câncer . As sementes são ótimas no combate ao colesterol ruim. Há também os benefícios estéticos. Comer abóbora ajuda a perder peso e os antioxidantes combate o envelhecimento.

Ao escolher o produto, prefira os que têm a casca firme, lisa, sem rachaduras e sem manchas. Se estiver verde,  guarde em um local fresco e arejado, mas se estiver madura, guarde na geladeira. A safra da abóbora moranga vai de agosto a março, mas o melhor período para consumo é nos meses de outubro e novembro.

Muito versátil, a abóbora moranga pode ser utilizada em várias receitas doces, salgadas, quentes e frias como saladas, cozidos, sopas, curau, purê, pães, pudins e doces.

Receita

Quibe de abóbora moranga

Esta é uma receita fácil, saborosa, leve e muito saudável, inclusive por ser assada. É ainda uma alternativa interessante de incentivar as crianças a consumirem a abóbora e o trigo, ambos muito saudáveis.

O trigo para quibe é obtido a partir de grãos cozidos, partidos e secos. É rico em fibras, proteínas, vitaminas do complexo B e E, além de minerais: fósforo, cálcio, magnésio e ferro. As fibras têm grande importância na saúde humana, pois auxiliam no funcionamento do aparelho digestivo.

Ingredientes:

• 250 g de trigo para quibe
• 500 g de abobora moranga cozida
• 1 cebola picadinha,1 colher (sopa) de tempero alho e sal
• 2 colheres (sopa) de cada tempero: salsa, cebolinha, hortelã e manjericão
• 3 colheres (sopa) de azeite
• 1 colher (sopa) de molho inglês
• 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado ou tablete de caldo de carne
• Obs: Use o copo de requeijão (250 ml) como medida

Modo de preparo:

Lave o trigo e escorra. Acrescente meio copo de água e deixe por 60 minutos. O trigo irá absorver toda a água. Cozinhe a moranga com a casca (não deixe cozinhar demais). Amasse com garfo ou passe no espremedor de batatas. Misture os temperos, o trigo e a moranga. Coloque em uma forma refratária untada e asse em forno médio por 30 minutos.

 

Tags: ,
Compartilhar matéria:

Posts relacionados

Brasil, Chile e Peru trocam experiências sobre ampliação de mercados para fruticultura CeasaMinas organiza encontro da Associação Brasileira das Centrais de Abastecimento Seminário debate luta das mulheres rurais no país Próximo encontro da WUWM será na Polônia

Deixe seu comentário