Presidente da Abracen visita Ceasa Curitiba

Presidente da Abracen visita Ceasa Curitiba

diretoria da Ceasa Paraná recebeu no dia 07 de março, a visita do presidente da Associação Brasileira das Centrais de Abastecimento – Abracen, Gustavo Alberto França Fonseca. No encontro mantido na Ceasa de Curitiba, a intenção foi de conhecer os trabalhos que estão sendo realizados na área de abastecimento de hortigranjeiros no Estado, as propostas que estão sendo discutidas sobre a modernização e readequação das estruturas e funcionamento dos mercados.

Foi um encontro muito produtivo, pois apesar das ações das demais Centrais de Abastecimento nos 27 Estados, serem semelhantes, cada unidade em sua região, tem as suas particularidades nos trabalhos realizados. Esse contato com os permissionários e produtores é importante, pois possibilita ampliar e respaldar as ações que Abracen vem realizado nacionalmente junto ao Ministério da Agricultura e Governo Federal, em busca de um novo modelo de gestão”, disse Natalino Avance de Souza, diretor presidente da Ceasa Paraná.

Acompanhado de dois assessores técnicos da Ceasa de Minas Gerais, Tomé de Freitas Campos, coordenador do setor de unidades do interior, e Wilson Guide, chefe do Departamento Operações de Mercado, o dirigente da Abracen, percorreu as instalações da Ceasa Curitiba. Na reunião mantida o permissionário atacadista, Paulo Salesbran, presidente do Sindaruc e demais diretores da entidade, Gustavo Fonseca também apresentou algumas das ações realizadas junto a Ceasa Minas Gerais, onde é também diretor presidente.

Essa troca de experiências nos ajudam a planejar e orientar os trabalhos não só em nosso Estado, mas também de auxiliar as outras Ceasas, em questões como licitações de áreas, jurídicas, econômicas, no armazenamento e distribuição ideal dos produtos nos mercados, e até mesmo de ações ambientais”, disse o dirigente da Abracen.

Ceasa Minas em números

A Ceasa de Minas Gerais é integrada por seis unidades, nas cidades de Contagem, Barbacena, Caratinga, Governador Valadares, Juiz de Fora e Uberlândia. Em termos nacionais, a Ceasa de Minas é a segunda em termos de comercialização de hortigranjeiros, com um volume médio anual de 2,3 milhões de toneladas. A Ceagesp, em São Paulo, ocupa a primeira colocação, com um volume médio anual em torno dos 3,4 milhões de toneladas. A Ceasa do Rio de Janeiro é a terceira em volume, com 1,8 milhões de toneladas. A Ceasa Paraná, com as suas cinco unidades – Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu, é quarta em volume médio anual de 1,2 milhões de toneladas.

Compartilhar matéria:

Posts relacionados

Gustavo Fonseca, presidente da Abracen, é eleito diretor da WUWM Diretoria da CeasaMinas participa de evento sobre retomada econômica Agradecimento do Presidente da ABRACEN Safra da goiaba reduz preço da fruta em 20% Renovado mandato da atual diretoria da Ceasa/RS

Deixe seu comentário