Orquídeas, paixão à primeira vista!

Orquídeas, paixão à primeira vista!

Sim, elas despertam paixão e deslumbramento à primeira vista. Mas você sabe cuidar bem de sua orquídea? A Centrais de Abastecimento de Campinas (Ceasa) destacou cuidados importantes para manter a saúde dessas flores tão belas e apaixonantes.

Segundo dados de 2014 do Mercado de Flores e Plantas Ornamentais da empresa, foram comercializados 1.261.011 vasos destas plantas. Deste total, 30,81% são da espécie phalaenópsis; 18,18% dendrobium e 15,65% são da espécie Cymbidium.

As orquídeas são epífitas, isto é, são plantas cujo habitat natural é o tronco de árvore. Não é uma relação parasitária, mas sim de sustentação. Em virtude de sua natureza, ao serem plantadas em vasos, o substrato (matéria que sustenta suas raízes) deve ter alto potencial de drenagem, mantendo as raízes apenas úmidas e nunca encharcadas.

Segundo a permissionária Lia Eriko Miyake, recomenda-se o uso de uma mistura contendoEnviar casca de pinus tratada e chip de coco em proporções iguais. Outras misturas como musgo, fibra de coco, não promovem a umidade necessária para a planta.

Rega e nutrientes necessários

A rega das orquídeas deve ser feita a cada 5 dias, quando a planta já possui flor; E, a cada 7 dias, quando ela não estiver no período de floração. “Quando a orquídea estiver em vaso, o método ideal é emergi-lo em um balde cheio de água, até que ele pare de borbulhar (cerca de 20 segundos). Em seguida, deixar o vaso escorrer até parar”, comentou Lia. Para a permissionária, esse método é eficiente para que a rega seja uniforme.

Na hipótese de espécies que não permitam o uso dessa técnica, a rega tem que ser controlada (com menor volume de água) e ser feita quando o substrato da orquídea estiver seco. Já no caso de orquídeas fixadas em árvores, a rega deve ser feita semanalmente, a fim de hidratar as raízes.

EnviarMiyake observa que, quando a orquídea está condicionada em um cachepot de vidro, o ideal é que a planta seja retirada do recipiente para proceder com a rega de imersão em balde.

Quando o assunto é nutrição, a permissionária enfatiza a necessidade de iluminação, água e adubo. “Embora a maioria dos produtores de orquídeas recomende o uso do adubo tipo NPK, acho insuficiente para a completa nutrição da planta, pela falta de ingredientes orgânicos”, disse.

Contra o pulgão

Para finalizar, Lia dá uma dica contra o pulgão, uma praga comum não apenas em orquídeas, mas em outras plantas também. “Se a orquídea, ou qualquer outra planta, estiver com pulgão, um bom antídoto caseiro é o alho”.

Receita contra o pulgão:

1. Ferver 1 litro de água com uma cabeça de alho inteira (Apenas amassada)

2. Espere esfriar

3. Borrife esse líquido na planta afetada ou regue a planta com essa mistura.

A permissionária alerta que, se após esse procedimento o problema não for solucionado, procurar um agrônomo para que o profissional indique uma posologia adequada para um eventual veneno.

Sobre o Mercado de Flores da Ceasa

Na Ceasa Campinas funciona um dos maiores mercados de flores e plantas ornamentais da América Latina. É responsável pela distribuição de 40% das flores e plantas ornamentais do setor atacadista do país. São 100 mil m2 com infraestrutura completa: plataformas de carga e descarga cobertas, depósitos, câmara fria, estacionamento para carros e caminhões, auditório, acesso à internet e serviços de apoio.

O Mercado que movimenta uma média de 6 mil toneladas por mês, em torno de R$ 10 milhões mensais. Tem mais de 11 mil clientes cadastrados como paisagistas, arquitetos, hotéis, decoradores, empresários, supermercados, floriculturas, etc. Recebe mais de 30 mil pessoas por mês abastecendo as 5 regiões do País.

É completa: conta com mais de 20 mil itens de flores cortadas e em vasos; plantas ornamentais, forrações, mudas diversas e frutíferas, além de outros 5 mil produtos de acessórios para decoração, eventos, paisagismo e acabamento de arranjos e cestas.

Fonte: Ceasa Campinas

Compartilhar matéria:

Posts relacionados

Agradecimento do Presidente da ABRACEN Safra da goiaba reduz preço da fruta em 20% Presidente da Abracen visita Ceasa Curitiba Renovado mandato da atual diretoria da Ceasa/RS

Deixe seu comentário