O Mercado del Patio, em Rosário na Argentina,  associou-se à WUWM

O Mercado del Patio, em Rosário na Argentina, associou-se à WUWM

O espaço dedicado à gastronomia e à venda de produtos alimentares tornou-se o primeiro em seu campo no país a fazer parte desta prestigiada associação.

 Quase seis meses após a sua abertura, o Mercado del Patio – uma iniciativa do Município de Rosário junto com o Governo de Santa Fé – tornou-se o primeiro mercado varejista do país a fazer parte da WUWM (União Mundial de Mercado de atacado) , a associação que reúne os principais estabelecimentos deste tipo ao redor do mundo. Esta prestigiada liga composta por 200 mercados atacadistas e varejistas de mais de 42 países já recebeu o espaço gastronômico e alimentar de Rosário, transformando-o em primeiro mercado na Argentina no setor de varejo a fazer parte de sua lista de membros.

“Esta associação coloca o Mercado do Pátio na janela internacional, permitindo que ele se baseie nas experiências de outros mercados similares que existem em diferentes partes do mundo e, também, aumenta tanto sua visibilidade quando o da cidade”, disse o Secretário de Governo Gustavo Leone e observou que o espaço já recebeu mais de 600 mil visitas desde a sua abertura .”Com mais de cinco meses de operação, este novo espaço mostrou que o trabalho conjunto dos diferentes níveis do estado, como o Município de Rosário e o Governo de Santa Fé e o setor privado, com seus empreendedores, estão dando frutos e é capaz de trazer nova vida a um bairro da cidade que estava pedindo mudanças “, acrescentou o funcionário e lembrou que, além do trabalho de remodelação das instalações onde operava o Patio de la Madera e o parque público, Barrio Agote foi objeto de uma intervenção integral que melhorou todo o ambiente .”A participação do Pátio Mercado como membro da União Mundial é motivo de orgulhoso para Rosário e Santa Fe, porque mostra que um projeto de vanguarda a nível nacional também tem repercussão internacional, não só para o impacto urbano envolvidos, mas também pela o que significa ter na cidade um mercado de varejo e gastronomia onde os investimentos provinciais, municipais e privados são combinados “, disse Mauro Casella, secretário de Desenvolvimento Territorial e Economia Social da província. “Neste sentido, o novo local também nos permite mostrar produção de alimentos de Santa Fé em um único lugar, implementando um modelo de marketing de proximidade e sustentável do que em cinco meses tem provado ser uma iniciativa exitosa e certamente irá continuar a crescer”, acrescentou.

Clique aqui para o link do site.

Compartilhar matéria:

Deixe seu comentário