Hábitos saudáveis ajudam a prevenir e tratar diabetes

Hábitos saudáveis ajudam a prevenir e tratar diabetes

No mês de novembro, uma série de campanhas marcou o dia do combate (14/11) à diabetes. Dados divulgados pela Federação Internacional de Diabetes revelaram que mais de três milhões de brasileiros têm diabetes e não sabem. O número alarmante acompanha um outro dado, do Ministério da Saúde, que aponta 100 mil mortes por ano no Brasil por causa da doença. Ela pode ainda causar cegueira e amputação de membros.

A diabetes é causada pelo aumento do nível de glicose no sangue (hiperglicemia). A glicose é fundamental para o bom funcionamento das células, mas quando há falta do hormônio insulina, ela acaba se concentrando no sangue, causando a hipoglicemia. A Diabetes tipo 1 é aquela em que não há insulina. Já na Diabetes tipo 2, há insulina, porém as células não respondem a ela.

Os sintomas da Diabetes 1 são: sede excessiva, boca seca, cansaço e falta de energia, fome constante, perda de peso, infeções recorrentes, visão turva, feridas de cura lenta e vontade de urinar acima do normal. Já a Diabetes tipo 2 está associada à obesidade, sedentarismo, maus hábitos alimentares e à fatores hereditários. No entanto, ela não apresenta sintoma e só é descoberta acidentalmente ou quando já está em estágio avançado.

Embora a diabetes não tenha cura, alguns hábitos ajudam controlar a taxa de glicemia e permitem que o doente leve uma vida normal. Além da prática de exercícios, é fundamental reduzir o consumo de açúcar, sal, gordura e comidas industrializadas. Prefira alimentos integrais. Até mesmo as frutas devem ser consumidas com cautela, pois, apesar de ser recomendável comê-las diariamente para uma vida mais saudável, elas possuem carboidrato e frutose. O portador de diabetes deve evitar as mais doces, como uva e caqui. Amêndoas também são ótimas para combater a diabetes tipo 2. Se as frutas exigem cuidados, os legumes podem e devem ser consumidos à vontade.

Pesquisadores temem que o número de diabéticos no Brasil continue crescendo devido à má alimentação. Por isso, é importante uma mudança de hábitos urgente. A diabetes é uma doença gravíssima e o tratamento é diário, com administração do hormônio insulina, que ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue estáveis.

Tags:
Compartilhar matéria:

Posts relacionados

Diretor-geral da FAO diz que agência está preparada para combate ao Zika Encontro Nacional da Abracen: o abastecimento não está mais no ramo da alimentação, mas no da saúde Berinjela auxilia na redução do colesterol Alimentos orgânicos são melhores para a saúde e para o meio ambiente Novembro Azul: alimentos podem prevenir o câncer de próstata

Deixe seu comentário