Governador entrega obras de infraestrutura da Nova Ceasa Piauí

Governador entrega obras de infraestrutura da Nova Ceasa Piauí

O governador Wellington Dias inaugurou obras de infraestrutura da Nova Ceasa, nesta sexta-feira (20). Foram entregues quatro novos estacionamentos, da praça destinada para comércio de eventuais e a conclusão da reforma e ampliação da creche. As obras fazem parte do plano emergencial da Nova Ceasa, a próxima etapa será a ampliação dos serviços.

O chefe do executivo estadual destacou a relevância da iniciativa privada para a melhoria do serviço. “Essa modelagem empregada aqui permite passar uma atividade que é, tipicamente, do setor privado, como o comércio e tirar essa responsabilidade do Estado. O Estado permanece aqui nas mais diversas áreas daquilo que é atribuição própria do Estado, por exemplo, a segurança, trânsito, junta comercial e vigilância sanitária. Esta é uma modelação que hoje está servindo de base para outros estados brasileiros, onde alguém do setor privado que ganha na concorrência faz os investimentos. Aqui a gente tá tendo investimento desde a simples limpeza, que era um problema; até a organização e expansão, o objetivo é que a gente tenha áreas que não eram próprias da Ceasa, como a área de comercialização de peixe. Queremos com a Ceasa ampliada ter as condições de abastecer o Meio Norte do Brasil, e para isso a gente precisa de um volume de investimentos. O resultado disso é uma Ceasa melhor e um fortalecimento da economia”, disse Wellington.

James Andrade, diretor da Nova Ceasa, ressalta que a parceria com o Governo do Estado tem sido positiva para o desenvolvimento do comércio. “Nós temos aqui uma prova de que a iniciativa privada consegue mostrar o seu dinamismo com mais rapidez e o Governo do Estado teve uma consciência importante de entender que o trabalho de Ceasa é um trabalho característico do setor privado. Cabendo ao Estado fazer a fiscalização dessa gestão e a iniciativa privado de administrar”.

Após as obras de infraestrutura serão realizados investimentos para a ampliação de serviços. “Nós estamos agora entregando uma parte importantíssima da infraestrutura para que a gente possa iniciar os projetos de expansão da Nova Ceasa. Temos o projeto de abrir mais de 200 lojas com mais três atividades, incluindo o mercado de peixe, flores e artesanato. Para que isso pudesse acontecer precisávamos melhorar a infraestrutura”, comenta James Andrade.

José Arthur do Nascimento, permissionário da Ceasa, afirma que a série de mudanças feitas na Nova Ceasa mudaram a realidade de trabalho no local. “Hoje esse lugar é tudo para nós. A ceasa é uma Nova Ceasa tenho 28 anos de permissionário sofrendo porque aqui não tinha estacionamento, não tinha segurança, não tinha limpeza, e hoje nós temos tudo. Todos nós temos prazer em trabalhar na Nova Ceasa”, finaliza.

Autoria: Marina Ribeiro e Camilla Melo
Compartilhar matéria:

Deixe seu comentário