CeasaMinas: Morango em safra fica 40% mais barato

CeasaMinas: Morango em safra fica 40% mais barato

O formato e a cor fazem desta fruta uma das opções preferidas não somente na hora do consumo, mas também como item para adornar bolos, mesas de doces e o que mais a criatividade mandar. Trata-se do morango, que deve fechar este mês de setembro cerca de 40% mais barato que em maio, quando teve início a trajetória de queda de preço. Em plena safra, a fruta também pode contribuir para redução do colesterol, prevenindo assim doenças cardíacas e diabetes, segundo estudo realizado no Canadá.

No atacado do entreposto de Contagem da CeasaMinas, o preço médio do morango em setembro deve ficar em R$ 5,50/kg, frente a R$ 9,62/kg em maio; R$ 8,11/kg em junho; R$ 6,74/kg em julho; R$ 5,64/kg em agosto. De acordo com o chefe da Seção de Informações de Mercado da CeasaMinas, Ricardo Fernandes Martins, a redução do preço já era esperada em razão do período de maior oferta, deixando o produto atrativo para o consumidor, principalmente nos meses de agosto, setembro, novembro, janeiro e fevereiro.

Produtor do município mineiro de Ressaquinha, a 154 quilômetros da capital, Cláudio José Barbosa afirma que muitos colegas aumentaram o plantio em relação ao ano passado. No entanto, ele ressalta que a produtividade na região tem sido menor. “Há cerca de 10 anos, com 10 a 20 mil pés de morangos, eu conseguia trazer para o mercado até 600 caixas. Hoje, para conseguir essa quantidade, são necessários em torno de 50 mil pés”, explica.

Barbosa traz ao atacado do Mercado Livre do Produtor (MLP), na CeasaMinas em Contagem, cerca de 1.500 caixas (com quatro bandejas cada) por dia, três vezes por semana. Para melhorar a rentabilidade nesta época de preços mais baixos, o produtor comercializa também morangos congelados, vendidos em embalagens de 1 quilo. Segundo ele, esta é uma forma de combater as perdas dos frutos na lavoura, que normalmente seriam descartados por não terem padrão de comercialização. “Quem mais procura os morangos congelados são locais como lanchonetes, que fazem sucos e vitaminas”, diz.

Demanda

Já o produtor Célio Silvestre da Silva, do mesmo município, diz que, apesar do momento favorável ao comprador, a demanda tem oscilado bastante no MLP. “Tem semana que o mercado tá bem aquecido, com boa procura. Em outras, é muito fraco. Temos que esperar para ver como vai ser daqui pra frente”, diz.

Até o momento, a quantidade ofertada por Silva está 20% menor que no mesmo período do ano passado, por causa de um atraso na entrega das mudas importadas do Chile. “Normalmente, as mudas chegam em maio, e neste ano chegaram em julho”. Por conta disso, ele acredita que sua safra deve se prolongar além do previsto, indo até janeiro.

Morango mineiro

Um bom indicador da importância da produção mineira de morangos é sua participação no abastecimento também de entrepostos de outros estados. Para se ter uma ideia, 95,7% dos morangos ofertados neste ano no entreposto da Ceasa Grande Rio, na capital fluminense, foram provenientes de municípios mineiros. Já na central de abastecimento de São Paulo (Ceagesp), a maior do país, 61,6% dos morangos vieram de Minas Gerais.

Outro exemplo significativo é o da Ceasa Ceará, na qual 61,2% do volume total da fruta no entreposto de Maracanaú, na Grande Fortaleza, foi proveniente de lavouras mineiras.

Aliado da saúde

Dentre os benefícios diversos à saúde, o morango também pode ser um aliado no combate ao colesterol ruim (LDL), contribuindo, assim, na prevenção de doenças cardíacas e diabetes. Pesquisa publicada pelo Hospital St. Michael’s, de Toronto, no Canadá, apontou a existência de substâncias fitoquímicas com efeitos antioxidantes, as quais podem beneficiar a saúde do coração de várias maneiras.

Os antioxidantes são capazes de combater os chamados radicais livres, que contribuem para o surgimento de diversas doenças no organismo. O estudo apontou que a dieta com morangos reduziu o dano oxidativo provocado pelos radicais livres bem como os lipídios danosos no sangue.

Confira demais produtos em safra e outros dados, como o Boletim Diário de Preços, no link Informações de Mercado do site da CeasaMinas.

Mais informações:

Decom CeasaMinas (31) 3399-2035/2036

Compartilhar matéria:

Deixe seu comentário