Ceasa comemora aumento de 53% no volume de comercialização durante seu aniversário de 45 anos

Ceasa comemora aumento de 53% no volume de comercialização durante seu aniversário de 45 anos

 

Na manhã da última quinta-feira (19), foi celebrado em sessão solene o aniversário de 45 anos da Ceasa. O presidente da Central, José Deval da Silva comemorou os números positivos do balanço dos últimos três anos da Central. O volume de comercialização teve aumento de 53% e fechou setembro de 2017 com mais de 226 toneladas, movimentando cerca de R$ 580 milhões.

O secretário da Agricultura e Abastecimento do DF, Argileu Martins celebra a atuação da Ceasa no contexto agropecuário brasiliense e os investimentos do Governo de Brasília no setor. “Nós apostamos na liderança dessa empresa no setor de abastecimento. Vamos continuar construindo no presente, o futuro. Acreditamos no comprometimento”, afirma.

“O setor agropecuário no Distrito Federal tem R$ 2,4 bilhões de valor bruto da produção por ano, gera mais de 40 mil empregos e produz mais ocupações do que o do comércio”, admite o secretário destacando o papel importante da agricultura na capital. “O governador apostou em um produtor para ser o presidente da Central e isso foi importante pois otimizou os recursos e valorizou os trabalhadores.”, ressalta Martins.

A Ceasa legalizou a situação de 353 carregadores autônomos junto ao sindicato dos carregadores e o presidente da entidade espera conseguir realizar a construção do novo mercado central no próximo ano. “Fico emocionado em falar sobre a história da Ceasa, pois ela se mistura a minha. Era produtor e queremos trazer mais avanços para a Central”, adianta.

O evento foi no auditório do Centro de Comercialização e Capacitação da Agricultura Familiar (CCC- CEASA) e estavam presentes o presidente da Câmara Legislativa, Joe Valle, o presidente da Ceasa, o presidente da Emater, José Guilherme Leal e o Deputado Distrital, Ivonildo Lira, além de vários representantes da Ceasa e dos produtores rurais.

A Ceasa-DF foi criada nos anos 70 com o objetivo de atuar na área do abastecimento e proporcionar transparência ao mercado e promover segurança alimentar e nutricional. Além da Ceasa, a secretaria de Agricultura e Abastecimento e a Emater são fundamentais para estabelecer e manter as relações entre o campo, a cidade e as políticas públicas.

Segundo o presidente da Ceasa, José Deval, o setor rural tem se desenvolvido de forma muito rápida e a Ceasa é peça importante para atender a demanda agropecuária do DF. “A empresa foi pensada há 45 anos para garantir que a população fosse abastecida. Naquela época não existia uma produção que fosse capaz de suprir a necessidade da população do DF. Hoje nós já temos produtores, permissionários e empresas vinculadas que ajudam a desenvolver a região”, conta.

Link: Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural

Compartilhar matéria:

Deixe seu comentário